CARTA DE CONCESSÃO

Todos os contribuintes da previdência social, sejam contribuintes individuais ou celetistas (aqueles que tem suas contribuições realizadas pelo empregador) possuem uma segurança de que se algo acontecer, existe alguém que pode ampara-los.

Por isso, devido determinadas circunstancias é possível que o trabalhador detenha do benefício do salário-maternidade, auxílio-acidente, auxílio-doença, aposentadoria e tantos outros.

Quando o pedido ocorre perante o Instituto Nacional do Seguro Social é normal que o contribuinte se sinta esperançoso para saber se o seu pedido será aprovado ou não. E é nesse ponto que a sua aflição começa para saber qual será essa resposta.

O resultado do benefício vem por meio de uma carta denominada de carta de concessão.

Como o próprio nome já informa, quer dizer que o seu benefício foi concedido. Portanto, na carta já vem estabelecido valores, banco responsável pelo pagamento e diversos outros detalhes relativos ao seu pedido.

No passado, essa carta apenas era recebida por meio de correspondência, o que demandava muito tempo, já que em média ela possui um período de 30 dias para chegar na casa do segurado.

Hoje em dia, esse serviço de correspondência ainda funciona, mas houve algumas inclusões nesse procedimento.

Atualmente, a carta apresenta a função de ser visualizada e impressa de forma online. Ou seja, você não precisará esperar dias e dias para ter a resposta do seu pedido.

Ainda não conhece a carta de concessão? Não sabe como ela funciona de forma online? Não tem problema nenhum. Aprenda tudo sobre ela com base no nosso texto.

COMO CONSULTAR A CARTA DE CONCESSÃO

Para visualizar a carta de concessão, primeiro você deve saber que o INSS reuniu os seus principais serviços em portal, denominado de meu INSS.

Dentre os serviços disponíveis pelo portal, está elencado a carta de concessão.

Por isso, para que você possa visualizar a carta de forma online, pode ser tanto diretamente pelo portal MEU INSS por meio do endereço www.meu.inss.gov.br ou através do site do oficial do INSS www.inss.gov.br que lhe direcionará para o portal.

carta de concessão

Pois bem, chegando no portal, você olhará de cara o rol de serviços do lado esquerdo da página.

Após abaixar um pouco, você encontrará a opção de carta de concessão. Depois de clicar na opção, clique novamente em “fazer login”.

Caso já tenha um login, coloque no sistema do Cidadão.br o número do seu CPF e a senha de acesso.

Caso esse tenha sido o seu primeiro contato com o portal, procure a outra opção de “cadastre-se”.

Ao clique em “cadastre-se” você deverá preencher um formulário informando o seu CPF, data de nascimento, nome, e-mail, celular, nome da mãe, nome da mãe e o Estado no qual nasceu.

Em seguida avance. Na página seguinte serão feitas perguntas para comprovar se de fato você é contribuinte da previdência social.

Siga todos os passos pedidos pelo site e informe todos os dados de forma correta.

Por isso, para facilitar sua vida, na hora de realizar o cadastro, tenha em mãos o número dos documentos de identificação, do seu PIS/PASEP e comprovante de residência.

carta de concessão INSS
Lembre-se de conferir todos os seus dados na hora de requerer sua carta de concessão.

Ao final do cadastro, um atendente da central irá lhe ligar para conferir todas as informações que você apresentou.

Se tudo estiver correto, o seu cadastro estará concluído.

E assim poderá visualizar a sua carta de concessão de forma clara e saber por exemplo se sua aposentadoria por idade foi concedida.

Ao visualizar a carta, você poderá imprimi-la ou não podendo, é só anotar todos os dados que estão presentes no seu corpo e comparecer no banco designado pela mesma para realizar o saque do benefício.

O primeiro pagamento, geralmente, está disponível para saque após 15 dias da carta ter sido apresentada.

Lembrando que mais do que a importância de visualizar a carta para poder saber o valor e dia do saque do benefício é importante analisa-la para saber se está tudo colocado de forma correta.

Até porque caso o resultado do seu benefício seja de inferido, você poderá a partir desse momento, entrará com um recurso administrativo para saber o que deu errado durante o processo.

Ou então, até entrar com um processo judicial.

carta de concessão Previdência Social

SITUAÇÕES DE UM PEDIDO

Em regra, o segurado tem a ideia de que a carta de concessão apenas vai trazer a garantia do direito em que o segurado postulou no seu processo administrativo.

Mas não necessariamente.

A situação do benefício, ao invés de ser concedido, pode vir de outra forma; indeferido.

Isso mesmo. O benefício indeferido quer dizer que o seu pedido foi analisado pela equipe da previdência social, e após essa análise, foi constatado que você não possui direito sobre o pedido que postulou.

Mas calme-se, nada é definitivo nesse processo.

Como dito acima, essa decisão cabe de recurso que irá realizar o seu pedido.

Em caso de dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo que nossa equipe entrará em contato o mais breve possível para sanar sua dúvida.

Resultados carta de concessão
Não se preocupe a toa, olhe agora mesmo se o seu benefício foi concedido ou não.

Problemas técnicos na hora de requerer sua Carta de Concessão

Infelizmente, muitos segurados da Previdência Social tem procurar a equipe dos Advogados Ativistas afirmando que não consegue acessar o Meu INSS para requerer sua Carta de Concessão por algum problema no site.

O principal deles é de não conseguir entrar no sistema da Previdência Social.

Caso isso ocorra, você deve tentar acessar o Meu INSS para tirar seu documento em outro horário, como cedo da manhã ou no final da noite, quando há menos pessoas tentando acessar o site.

Se mesmo assim você não conseguiu, você deve procurar outro computador (e nunca o celular) para acessar o mesmo.

Outro problema bastante comum é sobre a senha de acesso. Infelizmente essa senha, caso tenha sido errado as respostas na hora do cadastro, só poderá ser retirada pessoalmente no posto da agência. Para isso, basta você agendar com o posto de atendimento mais perto da sua casa.

PORQUE É IMPORTANTE ACOMPANHAR SEU PEDIDO JUNTO AO INSS?

É importante que após você requerer algum benefício junto à Previdência Social,  você sempre deve acompanhar o seu pedido através da Carta de Concessão.

Todos sabemos o quão angustiante pode ser esperar este documento chegar na sua casa, principalmente com os correios sempre em greve e com a entrega de cartas atrasadas.

Por isso, além de você saber antes do tempo se seu pedido de benefício junto ao INSS foi concedido ou negado, você também deve acompanhar seu documento para que seja possível você ingressar com um recurso junto à Previdência caso o mesmo seja negado.

Para isso, você terá 30 dias após o indeferimento do pedido. E não se alarme, o procedimento é simples, porém é recomendável que se procure um advogado previdenciarista para ajudar no mesmo e aumentar sua chance de mudar a decisão da Previdência.

duvidas carta de concessão
Saiba as principais dúvidas dos segurados na hora de tirar o seu documento online.

DÚVIDAS SOBRE A CARTA DE CONCESSÃO

Listamos abaixo, as principais dúvidas enviadas por nossos leitores, espero que elas ajudem com todas as suas questões. Caso contrário você sempre pode ligar 135 ou deixar seu comentário abaixo:

  • Que documentos preciso para retirar a carta online: Você precisa realizar o cadastro junto ao Meu INSS, e para isso você deve ter todos os seus documentos pessoais em mãos, como RG, CPF e endereço. E também é útil ter o seu CNIS, visto que irá ser feito uma série de perguntas sobre os benefícios e contribuições do segurado da Previdência.
  • Eu não consegui tirar a senha do Meu INSS: Neste caso, você deve ligar 135 ou se dirigir pessoalmente até um posto de atendimento do órgão, visto que será impossível você tirar online.
  • Posso receber meu benefício imprimindo a Carta de Concessão?: Sim é possível retirar seu benefício no banco apenas imprimindo o seu documento. Há alguns relatos de bancos se negando a realizar o procedimento, caso isso ocorra, chame o gerente e fale que é um direito seu receber o benefício, sem o com o documento original

 

Leia também:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *