Desde que me formei em Direito, muita gente tem me perguntado como iniciar na advocacia. Pensando nisso, resolvi escrever esse post para contar um pouco da minha experiência e dar algumas dicas de como você também pode se tornar um advogado de sucesso.

1. Escolhendo a área de atuação

A primeira coisa que você precisa fazer é escolher a área da advocacia que mais te interessa. Existem diversas áreas para se atuar, como direito penal, civil, trabalhista, ambiental etc. É importante escolher aquela que você se identifica mais e se sente mais preparado para atuar, pois isso fará toda a diferença na sua carreira.

2. Estagie em uma boa advocacia

Outro passo importante é fazer estágio em uma boa advocacia. Isso irá te ajudar a entender melhor o dia-a-dia da profissão e te permitirá aprender com os advogados mais experientes. Além disso, é importante buscar uma advocacia que atue na área que você escolheu para seguir sua carreira, pois isso facilitará muito o seu trabalho no futuro.

3. Se especialize

Uma dica importantíssima é se especializar em alguma área do Direito. Isso irá te tornar um advogado referência na sua área de atuação e fará com que as pessoas procurarem por você quando precisarem de um advogado especialista. Além disso, a especialização também irá te permitir cobrar valores mais altos pelos seus serviços.

4. Tenha um bom site

Na era da internet, ter um bom site é fundamental para qualquer profissional, inclusive para os advogados. Um site bem feito irá mostrar às pessoas que você é sério e competente, além de ser uma ótima forma de divulgar os seus serviços para um número maior de pessoas. Se você não tem nem ideia por onde começar, existem diversos profissionais especializados em criar sites para advogados que podem te ajudar nesse processo.

5. Divulgue os seus serviços

Por fim, mas não menos importante, é preciso divulgar os seus serviços para que as pessoas saibam que você existe e esteja disponível para prestar os seus serviços jurídicos. Existem diversas formas de fazer isso, como anunciando na internet, distribuindo panfletos nas ruas ou mesmo participando de eventos relacionados à advocacia.

O importante é colocar o seu nome lá fora e fazer com que as pessoas te conheçam e saibam onde encontrar você quando precisarem de um advogado.

Essas são algumas dicas de como iniciar na advocacia! Espero que elas possam te ajudar a conquistar o sucesso profissional que você tanto deseja.

brown wooden tool on white surface

Dica Extra: O Atendimento

Alguns dizem que o segredo de um bom advogado é a oratória. Outros dizem que é a capacidade de pensar rápido e ter uma resposta para tudo. Mas eu penso que o segredo de um bom advogado está no atendimento.

1. Escutar o Cliente

O primeiro passo para um bom atendimento é escutar o cliente. Isso parece óbvio, mas na pressão do dia a dia, às vezes esquecemos de prestar atenção realmente às pessoas com quem estamos conversando. Em vez disso, ficamos presos em nosso próprio mundo e pensamentos, e acabamos não escutando o que o outro tem a dizer.

Escutar o cliente é importante por vários motivos. Em primeiro lugar, permite que você entenda exatamente o que ele quer. Muitas vezes, as pessoas não sabem exatamente o que precisam de um advogado, e é nosso trabalho guiá-las pelo processo. Além disso, quando você presta atenção às pessoas, elas percebem isso e ficam mais confortáveis ​​com você.

2. Ser Simpático

Outra coisa importante para um bom atendimento é ser simpático. As pessoas precisam sentir que você se importa com elas e seus problemas. Isso significa não apenas ter uma conversa amigável, mas também demonstrar compaixão pelo que elas estão passando.

Isso pode significar diferentes coisas para diferentes pessoas. Por exemplo, algumas pessoas podem querer falar sobre seus problemas porque precisam desabafar. Outras podem querer apenas um ouvido amigo para conversar. De qualquer forma, mostrar compaixão é uma parte importante do atendimento.

3. Ser Prestativo

Além de ser simpático, também é importante ser prestável. As pessoas precisam saber que você está disposto a ajudá-las de verdade, e não apenas dizer isso porque é sua obrigação profissional.

Isso significa estar disposto a fazer mais do que o mínimo necessário. Por exemplo, se um cliente precisar de ajuda para preencher um formulário, ofereça-se para fazer isso por ele. Se ele estiver tendo problemas para entender algo, explique-lhe de maneira simples e clara. Fazer um esforço adicional para ser útil fará toda a diferença.

4 . Antecipar as Necessidades do Cliente

Um bom atendimento também significa antecipar as necessidades do cliente e fornecer informações antes que ele pergunte por elas.

Por exemplo, se você sabe que um cliente vai precisar de uma certa documentação antes de avançarmos com o caso, ofereça-se para enviar esses documentos por e-mail ou buscá-los pessoalmente. Isso fará com que ele saiba que você está pensando em sua situação e trabalhando em seu benefício.

5 . Follow-up Após o Atendimento

.Uma vez que o atendimento terminou, não significa que sua responsabilidade acabou também. É importante fazer follow-up com os clientes depois do atendimento para garantir que eles estejam satisfeitos com o serviço prestado.

Isso pode incluir ligar para saber como estão indo as coisas ou enviar um e-mail para verificar se houve algum progresso no caso.. Esses gestos simples mostram que você realmente se importa com seus clientes e está disposto a ajudá-los da melhor maneira possível..


Advogados Ativistas

Advogados Ativistas

O portal Advogados Ativistas surge da necessidade de uma comunicação mais direta com a sociedade. Nossa proposta é difundir o conhecimento jurídico, por meio de textos informativos e didáticos, para que as pessoas possam se manter atualizadas sobre os principais temas do Direito.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *